Nitvista
Bate-papo
Fotos da Cidade
Fortes
MAC
Nictheroy
Aéreas
Praias
Outras Fotos
Noitada|Agito cultural
Cinemas
Shows, Festas e Boates
Bares
Restaurantes
Exposições
Peças
Cursos e Palestras
Outros Eventos
Nikitinautas
Cadastro
Login
Informações Gerais
Censo 2000
Das Regiões
Dos Bairros
História
Outras Informações
Artista do Mês
Postal Nitvista
Turismo
Pontos Turísticos
Hotéis e Campings
Outros
Preserve Itacoatiara
Condições do Mar
News
Galera da Praia
Ecologismo
Previsão do Tempo
Enquetes
Trânsito online
Câmeras na cidade
Câmeras - Ponte Rio - Niterói
Religião
Telefones úteis
Anuncie no Nitvista
Equipe Internit
Fale Conosco

Postal Nitvista Nikitinautas Noitada e Agito Cultural Bate-papo
Parque da Cidade
Reserva biológica e florestal do Município, localizado no alto do Morro da Viração, numa altitude de 270 metros, ocupando uma área de cerca de 15 hectares, foi inaugurado em 21 de setembro de 1976. No local existe uma fonte natural e algumas ruínas de um posto de Atalaia português dos anos 1500/1600. A mata do parque é formada predominantemente de eucaliptos e alguns exemplares remanescentes da Mata Atlântica.
Possui um mirante e dele pode-se ter uma visão panorâmica das lagoas de Piratininga e Itaipu; das praias de Piratininga, Itaipu e Camboinhas; dos bairros de São Francisco, Jurujuba, Charitas e Icaraí, entre outros; da Baía de Guanabara em toda a sua extensão e do mar aberto, até onde a vista consegue alcançar. Avista-se, também, a cidade do Rio de Janeiro com alguns de seus bairros e a Ponte Rio-Niterói.
O Parque da Cidade foi descoberto pelos praticantes de vôo livre e atualmente possui duas rampas para a prática deste esporte. Acesso pelo Bairro de São Francisco, a partir da Igreja de São Francisco Xavier, passando pelo Clube Hípico Fluminense e entrando na Estrada Nossa Senhora de Lourdes.

Campo de São Bento

A mais antiga área verde programada de Niterói, é parte da sesmaria doada a Araribóia em 1568. Recebeu esse nome de seus antigos proprietários beneditinos. Começou a ser construído por volta de 1880, tendo sua urbanização efetivado-se em 1908, quando o Prefeito João Pereira Ferraz, em contrato com o arquiteto belga Arsênio Puttmans, deu ao campo sua feição atual, com coretos, canteiros e pontes.
É a maior área verde de Icaraí, com cerca de 50.000 metros quadrados e abriga centenas de espécies de plantas, entre as quais se destacam o pau-brasil, o pau-ferro e a palmeira imperial, além da raríssima kalabura, originária das Antilhas. Possui, ainda, um chafariz, um pequeno lago artificial, playground, pista de patinação, pequeno parque de diversões, quiosque para o Clube da Terceira Idade, Biblioteca Infantil e o Centro Cultural Paschoal Carlos Magno.
Alguns eventos importantes do calendário da cidade lá se realizam, como o Projeto Banda na Praça, Feira de Artesanato e Encontro de Criadores de Canários.
Acesso pela Av. Roberto Silveira, pela Lopes Trovão, pela Gavião Peixoto e pela Domingues de Sá - Icaraí.

Parque Monteiro Lobato

Situado no Barreto, e com 34 mil metros quadrados de área, o então horto municipal, criado na década de 50, foi transformado em parque em 1978. Entre as espécies da flora existentes no parque há madeiras nobres como o pau-brasil, o mogno e a nogueira, além de diversos tipos de palmeiras e até mesmo uma corticeira centenária. Hoje também funciona ali um horto de produção de mudas para reflorestamento e arborização da cidade.

Horto do Fonseca

Foi criado, por decreto do governador Nilo Peçanha, em maio de 1906, com a finalidade de cultivar e distribuir aos lavradores sementes e mudas de frutíferas e plantas medicinais. Sua história é marcada por sucessivas fases de prestígio e declínio e sofreu duas grandes reformas, em 1950 e 1975. Entre as espécies ali existentes há jatobás, jequitibás, jacarandás e sapucaias. Funciona no local, também, um mini-zôo de Niterói.
Entrada na Alameda São Boaventura - Fonseca.

Serra da Tiririca

Começa entre as Praias de Itacoatiara e Itaipuaçu (Município de Maricá), estendendo-se entre Niterói e Maricá até a Rodovia Amaral Peixoto (RJ 106) na divisa com São Gonçalo. Apresenta, nos trechos mais elevados, porções significativas de matas em bom estado de conservação. A serra é basicamente revestida por mata secundária em vários estágios de regeneração e sua flora é composta em sua maioria por espécies nativas da Mata Atlântica. Merece registro a presença de massarandubas, palmitos, figueiras-da-terra, monjolos, aroeiras e paineiras. É um execelente local para caminhadas ecológicas, que são organizadas por diversas Organizações Não Governamentais, todos os finais de semana.
O Parque Estadual da Serra da Tiririca é administrado pelo IEF (Instituto Estadual de Florestas). E é no parque que encontramos o ponto mais alto da cidade (412m).

Florália

É o maior orquidário da América Latina.
Estrada da Figueira, 592 - Caramujo
Tel.: 2620-0800

Parque Municipal Darcy Ribeiro (Serra Grande e da Pedra do Cantagalo)

Em breve maiores informaçoes sobre o novo parque.

 
Copyright Internit Ltda 1996-2001